Manter os equipamentos de uma indústria funcionando de maneira correta, sem que aconteçam falhas inesperadas ou acidentes, é um procedimento extremamente complexo. Esse processo está relacionado também a utilização de dispositivos apropriados, como é o caso dos relés.

Por mais que esta ferramenta seja considerada simples, ela é indispensável na segurança do sistema elétrico de fábricas e indústrias, independente de seu porte. Para entender melhor a respeito do funcionamento de um relé e quais são seus modelos, confira o artigo completo!

O que são os relés?

O relé é um dispositivo de interface que tem como função alterar o estado de um sistema elétrico por meio de uma baixa corrente, tais mudanças são pré determinadas e controladas, podendo acontecer em um ou mais circuitos.

Como o equipamento atua por meio de uma corrente muito baixa, a sua utilização torna-se segura, uma vez que, o reléconsegue realizar o controle de altas correntes usando níveis seguros de eletricidade. Esse fator evita também que os equipamentos conectados a ele sejam prejudicados com mudanças bruscas de corrente, preservando-os por mais tempo, garantindo sua maior durabilidade.

Por atuarem diretamente conectados às máquinas e outros equipamentos elétricos empregados na indústria, o relés é indispensável na garantia do bom funcionamento da linha de produção dos mais diversos setores industriais.

Mas, como funciona?

De maneira bem resumida, pode-se dizer que um relé funciona, de certa forma, como um interruptor, o que isso significa? Isso quer dizer que o dispositivo atua como um contato, que vai estar aberto ou fechado.

O fator que irá indicar a abertura ou o fechamento deste contato depende da forma como o dispositivo foi configurado. A configuração permite que o estado de funcionamento de um circuito ou equipamento seja alterado.

Contudo, o entendimento mais aprofundado a respeito do funcionamento dos relés depende do seu modelo. Hoje em dia, os modelos mais conhecidos são os relés eletromecânico e o relés de estado sólido!

Relés eletromecânicos

O modelo conhecido como relés eletromecânico é nada mais que um contator eletromecânico, operado eletromagneticamente. Isso quer dizer que seu funcionamento se dá a partir da criação de um campo eletromagnético, gerado por uma baixa corrente, em uma bobina dentro de um núcleo magnético.

A formação deste campo tem a capacidade de controlar um contator que pode regular uma corrente elétrica muito superior àquela empregada inicialmente. Com isso, o equipamento consegue moderar as correntes, além de ser capaz de manter os circuitos isolados uns dos outros.

Relés de estado sólido

Além do modelo mencionado acima, um outro dispositivo que vêm se tornando popular é o chamado relé de estado sólido. Mas, afinal, qual a diferença entre eles?

Os relés de estado sólido têm a mesma função que o tradicional eletromecânico, contudo, ele não apresenta componentes mecânicos que viabilizam seu funcionamento. Sendo assim, o relés de estado sólido funciona a partir de componentes que são semicondutores, ao contrário do eletromecânico que funciona por meio do contato físico entre seus componentes.

Por suas características, os relés de estado sólido apresentam maior durabilidade em relação ao eletromecânico, uma vez que seu desgaste de uso acaba sendo bem menor. Além disso, seu tempo de comutação também é inferior, e, não geram ruídos, ao contrário dos relés eletromecânicos. Entretanto, o custo acaba sendo mais elevado em relação ao outro modelo mencionado.

Relés de boa qualidade: onde encontrar?

A Proauto é especializada no fornecimento de equipamentos para automação industrial de marcas reconhecidas internacionalmente. O nosso compromisso é sempre fornecer máxima qualidade em produtos junto a um atendimento personalizado.

Para ter acesso, e
entre em contato com a nossa equipe!